Quem não tem coração e atitude de ovelha, não serve para ser pastor. A autoridade provém da submissão e o governo é legitimado pelo serviço.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Cuide de Seus Próprios Negócios

“Eu me lembro de um sábio amigo meu que costumava dizer que ‘aquilo que é da conta de todo mundo não é da conta de ninguém’.”
— Izaac Walton
Coloca, Senhor, uma guarda à minha boca; vigia a porta de meus lábios.
—Salmo 141:3
A Bíblia está cheia de conselhos práticos para a vida cotidiana. Uma das coisas que nos instrui a fazer é cuidar de nossos próprios negócios (ver 1 Tessalonicenses 4:11). A necessidade de expressar uma opinião sobre quase tudo e todos é um sintoma de orgulho e sempre leva a problemas de relacionamento.
Certa vez, meu marido e eu estávamos imaginando por que um homem vivia numa casa bastante grande em nossa vizinhança. Estávamos expressando nossa opinião sobre ele ser solteiro e desejávamos saber por que ele queria todo aquele espaço para si mesmo. Partimos do princípio de que ele a comprou como um investimento, mas achávamos que talvez tivesse sido melhor investir no mercado de ações, em vez de assumir essa casa enorme para cuidar.
Deus estava lindando comigo naquela época sobre aprender a cuidar da minha própria vida, e de repente, me dei conta de que Dave e eu estávamos descendo a rua, discutindo as finanças de um homem que nem sequer conhecíamos. Imediatamente eu vi o quão ridículo foi isso; esse momento ajudou-me também a ver quantas vezes temos opiniões sobre coisas que realmente não nos dizem respeito.
Todos nós temos nossos próprios negócios para cuidar sem termos de nos envolver com os negócios de outras pessoas. Se você tem uma tendência a ser insistente em suas próprias opiniões, faça um esforço para orar para que as pessoas sigam a Deus e depois não se preocupe com o que estão fazendo.
Continuo a dizer para mim mesma: “Joyce, isso não é da sua conta.” Creio que isso me ajuda muitas vezes a permanecer nos trilhos com relação à minha atitude. Se você realmente parar e pensar nisso logicamente, que sentido faz ter uma opinião sobre algo que não tem nada a ver com você? Não faz sentido, e apenas nos mantém ocupados fazendo algo que nunca terá qualquer bom fruto.
Tome uma decisão de obedecer a Palavra de Deus e se esquecer dos negócios dos outros. Você ficará surpreso com o quanto vai se sentir mais leve.

Pg.65-65. Meyer, Joyce. 100 Maneiras de Simplificar sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário