Quem não tem coração e atitude de ovelha, não serve para ser pastor. A autoridade provém da submissão e o governo é legitimado pelo serviço.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Não Julgue

“Se você julga as pessoas, não tem tempo de amá-las.”—Madre Teresa

Irmãos, não falem mal uns dos outros. Quem fala contra o seu irmão ou julga o seu irmão, fala a Lei e a julga. Quando você julga a Lei, não a está cumprindo, mas está se colocando como juiz (Tiago 4.11)

Quando julgamos alguém, pronunciamos uma sentença sobre a pessoa, e só Deus tem o direito de fazer isso. Uma definição que ouvi diz que julgar é se colocar na posição de Deus. Não acho que nenhum de nós realmente quer esse cargo, não é? É muito fácil olhar para alguém ou uma situação e rapidamente julgar sem saber de nada. Mas Deus não apenas sabe o que alguém está fazendo; Ele sabe por que a pessoa está fazendo isso. Nós julgamos pela carne, mas Deus vê o coração.

Jesus disse aos que estavam prontos para apedrejar a mulher apanhada em adultério que aquele entre eles não tivesse pecado poderia atirar a primeira pedra. Depois que tiveram tempo para considerar o que Jesus falou, todos deixaram cair as pedras e saíram,um por um. Quem dentre nós pode dizer que não tem nenhum pecado? Então, como podemos ser tão rápidos em julgar outras pessoas por seus erros? Podemos julgar o pecado, mas não podemos julgar o coração de uma pessoa. Quanto mais estudarmos a palavra de Deus, mais rapidamente vamos reconhecer o pecado, mas não podemos deixar que isso se transforme em um hábito de julgar todos aqueles que não fazem o que deveriam estar fazendo. Mais uma vez, precisamos seguir a Palavra de Deus e “vigiar e orar”. Não é vigie e julgue, mas vigie e ore! Trate os outros como você quer ser tratado e veja como a vida fica mais doce.Cada vez que julgamos, seja para o bem ou para o mal, plantamos uma semente que produz um fruto em nossa própria vida. Se somos críticos e impiedosos seremos julgados pela mesma maneira, mas se plantarmos misericórdia colheremos misericórdia. Temos a capacidade de amar as pessoas e deveríamos fazê-lo porque esse é o mandamento que Jesus nos deixou. Ele disse: “Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros” (João 13:34; ver também João 15:12).

Ser rápido em julgar é outro sintoma de orgulho, e a Bíblia nos ensina que o orgulho sempre vem antes da destruição e ruína, mas a humildade antecede a honra (ver Provérbios 18:12). Se quiser-mos ter problemas, podemos continuar a ser críticos, mas se quisermos honra podemos ter uma atitude humilde. A escolha é nossa.

Pg.69-70. Meyer, Joyce. 100 Maneiras de Simplificar sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário